Mobile Health: Utilização de tecnologias móveis na saúde será discutida durante a InfoBrasil 2015

Eleito Presidente do Conselho Científico do Parque de Ciência e Tecnologia da Covilhã e selecionado como personalidade do mês (junho de 2015) da revista “The Institute” do IEEE, o Prof. PhD. Joel Rodrigues, proferirá a conferência de abertura do Seminário Inovação Tecnológica em Saúde, sobre o tema: Mobile Health, utilização de tecnologias móveis na área de saúde. A conferência será proferida às 14 horas, no dia 28 de outubro, no auditório do Centro Multiuso da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará.

Membro sênior do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), o Prof. Dr. Joel Rodrigues está trabalhando em registos de saúde eletrônicos, telemonitorização e aplicativos móveis para a saúde. Como professor de Engenharia Informática, Joel lidera o grupo de pesquisa em Redes e Aplicações de Próxima Geração, grupo de trabalho da Universidade da Beira Interior, na Covilhã, Portugal e do Instituto de Telecomunicações. Sua linha de pesquisa está focada em redes de sensores sem fio, redes veiculares, computação móvel e em nuvem. Ele também é pesquisador Sênior no Instituto de Telecomunicações, um laboratório de investigação nacional. É co-fundador e presidente do Comitê Técnico em E-Saúde da IEEE Communications Society e lidera a revista International Journal of E-Health and Medical Communications, como Editor-Chefe.
Para o professor e pesquisador, inovações digitais têm transformado os cuidados de saúde de várias maneiras. “As pessoas hoje usam aplicativos de smartphones para monitorar sua saúde e bate-papo on-line com os médicos. No futuro, os sensores em nossos corpos, em nossas roupas, e no interior dos objetos ao nosso redor poderão manter o controle de quase todos os nossos movimentos, transmitindo as informações para centros de dados que podem informar os profissionais de saúde quando algo está errado, em tempo real”.

Prof. Joel Rodrigues integrou o consórcio nacional de pesquisadores da academia e da indústria, liderada pela Microsoft Portugal, que foi criado com o objetivo de desenvolver tecnologias de apoio para idosos que moram de forma independente. Ele também é co-autor do livro Ambient Assisted Living. Como pesquisador, Prof. Rodrigues diz que trabalha para promover novas tecnologias que ajudam a moldar o nosso mundo e criar um futuro melhor para as próximas gerações.

E-SAÚDE: VIDA ASSISTIDA

O termo E-saúde (do inglês E-Health) cobre todas as tecnologias que contribuem para a área da saúde e bem-estar. Desde registros de saúde eletrônicos; telemonitorização, dispositivos que rastreiam as condições do paciente remotamente, aplicativos móveis de saúde e Wearables até sistemas de informação hospitalar.

Prof. Rodrigues tem um interesse especial em Redes de Sensores sem Fio que são incorporadas na roupa e até mesmo implantados sob a pele. Com essa tecnologia é possível monitorar, continuamente, os sinais vitais do paciente, tais como a pressão arterial, os níveis de glicose, temperatura corporal e frequência respiratória e também criar soluções atuam sobre os pacientes como a administração automática de medicação, algo que poderá ser uma realidade num futuro próximo. Estes sensores devem comunicar com os sistemas de computador central de forma rápida e segura, usando o mínimo de energia e de largura de banda. O pesquisador está trabalhando no desenvolvimento de novos tipos de arquiteturas e protocolos de comunicação para estas redes de sensores corporais, bem como em aplicativos móveis para a saúde.

Sua experiência foi bem utilizada no projeto AAL4ALL – Ambient Assisted Living for All. Entre outras coisas, os pesquisadores desenvolveram sensores para controle de sistemas de qualidade do ar, de reconhecimento de voz para ajudar os usuários a operar sistemas eletrônicos através de computadores e sistemas que permitem monitorar os movimentos das pessoas para garantir que elas estão seguras e não se perdem, quando têm problemas de memória. Prof. Rodrigues ajudou a desenvolver algoritmos e técnicas de computação sem fio para transmitir a enorme quantidade de dados destes sensores geram e, em seguida, coletar e analisar tudo. Seu grupo também desenvolveu um aplicativo móvel que permite acompanhar e alertar os serviços de emergência, familiares ou outros cuidadores no caso um usuário (um idoso, por exemplo) cair.

Sobre a possibilidade de tecnologias aplicadas à saúde impactar na privacidade dos usuários, ele disse que também está trabalhando em algoritmos de criptografia de dados para sua proteção e privacidade. Embora admitindo que a privacidade é uma preocupação válida, Prof. Rodrigues acredita que os benefícios superam os riscos. "Os pacientes podem acessar facilmente todas as suas informações médicas on-line e ter uma assistência mais personalizada de seus profissionais de saúde."

PAPEL DOS MEMBROS DO IEEE

Seu interesse pela e-Saúde começou ainda quando estudante do Curso Engenharia Informática na Universidade de Coimbra, em Portugal. Ele conta que era amigo de vários estudantes de medicina, que o levaram a pensar sobre como a tecnologia poderia ajudar a medicina.

Graduando-se em 1995, Prof. Rodrigues trabalhou na direção de investigação da Portugal Telecom. Mudou-se para Covilhã para chefiar o serviço de informática do novo hospital universitário da Cova da Beira, iniciando a sua carreira acadêmica na Universidade da Beira interior, em 2000. Em 2002 ele ingressou como membro do IEEE, no mesmo ano em que começou o doutorado em Engenharia Informática na universidade, que terminou em 2006.

Segundo o Prof. Joel Rodrigues, membros do IEEE podem desempenhar um papel-chave no desenvolvimento de soluções de e-saúde, normas e segurança. Rodrigues tornou-se secretário do Comitê Técnico em Comunications Software da IEEE Communications Society, em 2008, antes de se tornar seu presidente. Em paralelo, ele ajudou a fundar o Comitê Técnico em E-Saúde em 2009. Uma de suas responsabilidades à frente deste Comitê do IEEE é promover conferências e eventos internacionais de qualidade na área. Neste sentido, também foi nomeado Presidente do Steering Committee da IEEE HEALTHCOM. A conferência deste ano irá abranger temas ligados à E-Saúde como soluções de sensores corporais, dispositivos wearable, segurança e privacidade em e-saúde soluções móveis para a saúde, computação em nuvem para a saúde, entre muitos outrosl.

Prof. Rodrigues também organizou e presidiu o primeiro Workshop Internacional Medical Applicaitons Networking, realizado em Dresden, na Alemanha, em junho de 2009, onde lançou uma faixa de e-saúde. Editou os Best Readings em E-Saúde promovidos pela IEEE Communications Society, disponíveis via Web através da página desta sociedade do IEEE, apresentando livros, revistas e artigos de referência sobre o tema.

Para o Prof. Joel, o IEEE detém uma posição única no crescimento da e-saúde. Ela reúne especialistas em tecnologia de todos os tipos, incluindo aqueles envolvidos em redes de sensores, biomedicina, comunicações e computação. Seu objetivo é aproveitar essa experiência envolvendo estas diferentes competências num trabalho conjunto para elevar a e-saúde para um nível superior.
"Temos excelentes investigadores de renome mundial em cada tópico técnico sob a égide IEEE", diz o Prof. Joel Rodrigues. "Os membros podem desempenhar um papel fundamental não só no desenvolvimento de soluções de e-saúde, mas também nas áreas de normas, segurança e privacidade, e em promover a sua adoção em todo o mundo."

Ser um líder no IEEE ajuda a ampliar seu alcance, ressalta Rodrigues. "É a melhor maneira de estar envolvido na comunidade científica e de inovação em engenharia e ter impacto no mercado." Ele também trabalha em parceria com empresas ligadas às tecnologias de informação e comunicação e startups vocacionadas para desenvolver soluções para o setor de Saúde.

SERVIÇO:
O Prof. Dr. Joel Rodrigues profere a conferência de abertura do SEMINÁRIO INOVAÇÃO TECNOLÓGICA EM SAUDE. As inscrições são gratuitas.
DATA: 28/10/2015
HORA: 9 às 18 HORAS
LOCAL: Auditório da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, 6º ANDAR (AnexoII)
Acesse: www.infobrasil.inf.br/inscrições
Mais informações: 3261.1111